Ministério do Meio Ambiente libera R$ 350 milhões para projetos que melhorem qualidade ambiental urbana, em todo país

Cada projeto pode receber financiamentos concedidos pela instituição no valor máximo de R$ 30 milhões a cada 12 meses

Com o intuito de melhorar a qualidade ambiental nos municípios brasileiros como a gestão dos resíduos sólidos, obras de saneamento, qualidade do ar e das águas, entre outros projetos, o Ministério do Meio Ambiente autorizou o repasse de R$ 350 milhões ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O recurso é do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima.

Uma das prioridades da Pasta é investir na Agenda Ambiental Urbana, lançada no ano passado. Entre os temas estão os programas de Combate ao Lixo no Mar, Lixão Zero, Áreas Verdes Urbanas, Qualidade do Ar, das Águas e Saneamento além de Áreas Contaminadas.

Entre os tipos de projetos em que os recursos podem ser utilizados estão aquisição de máquinas e equipamentos e o desenvolvimento tecnológico relacionados à redução de emissões de gases do efeito estufa e à adaptação às mudanças do clima e aos seus efeitos.

Consulta pública vai colher contribuições para Marco Legal do Saneamento

“Descarbonização da economia” criaria 15 milhões de empregos na América Latina e Caribe até 2030, revela BID e OIT

Operação Pantanal diminuiu número de focos de incêndio de 163 para 40 em apenas uma semana, no Mato Grosso do Sul

Cada projeto pode receber financiamentos concedidos pela instituição no valor máximo de R$ 30 milhões a cada 12 meses. Entre os projetos que já tiveram apoio do Fundo Clima estão o desenvolvimento do VLT do Rio de Janeiro, a Geração de Energia no Aterro de Caeiros, em São Paulo, e o financiamento para implantação de painéis solares para mais de 800 pessoas físicas e microempresas.

 



Fonte: Brasil 61

Comentários

Arquivo de Notícias
Publicidade
Categorias