CNM e Ministério da Saúde debatem auxílio financeiro para atenção primária

Encontro também tratou das iniciativas de monitoramento da vacinação contra a Covid-19

Um auxílio financeiro para a Atenção Primária à Saúde (APS) foi debatido no primeiro encontro do grupo de trabalho com representantes da Confederação Nacional de Município (CNM) e do Ministério da Saúde (MS), nesta terça-feira (30). O secretário de Atenção Primária à Saúde (SAPS), Raphael Parente, participou do primeiro encontro, que também tratou das iniciativas de monitoramento da vacinação contra a Covid-19.

A CNM lançou o Observatório Covid-19 com o objetivo de monitorar e informar os gestores municipais sobre a disponibilidade de vacinas nos mercados interno e externo, o plano, o cronograma e a distribuição nacional pelo Ministério da Saúde (PNI/MS). Durante o encontro, ficou previamente acertado que as demandas dos gestores locais serão tratadas neste grupo de trabalho.

Mais Médicos: prorrogado por mais um ano a atuação de 2.900 profissionais

FPM: R$ 3,2 bi referentes à terceira parcela de março serão transferidos nesta terça-feira (30)

O Grupo de Trabalho também deve abordar as pesquisas semanais promovidas pela Confederação para identificar os principais problemas enfrentados pelos municípios em relação à gestão da pandemia. O secretário foi designado a acompanhar as demandas municipais, após reuniões com o presidente da CNM, Glademir Aroldi, e com a liderança municipalista.



Fonte: Brasil 61

Comentários

Arquivo de Notícias
Publicidade
Categorias